Voltar para Processos contábeis e financeiros

Gestão dos Riscos corporativos e operacionais

Muitas organizações estão sujeitas a requisitos legais relacionados ao controle interno: Companhias abertas nos Estados Unidos ou Companhias abertas europeias. A vulnerabilidade das companhias é inversamente proporcional à qualidade dos controles internos. Falhas de controle interno são diretamente relacionadas a: desenho inadequado dos processos e dos controles ; documentação inadequada ou inexistente dos procedimentos e controles; falhas de aplicação; e monitoramento fraco.

Mapeamento dos processos e controles

O mapeamento dos processos e controles internos é realizado via entrevistas e confirmações documentais do desenho dos processos.

  • Entrevistas com os responsáveis pelos processos
  • Fluxograma do processo
  • Narrativa do processo
  • Confirmação documental do processo (walkthrough)

Identificação de riscos nos processos

Todos os riscos identificados nos processos são documentados em detalhe.

  • Matriz de riscos
  • Identificação dos riscos
  • Avaliação da correta segregação das funções
  • Identificação dos controles existentes
  • Mensuração dos riscos
  • Cartografia de riscos
  • Recomendação de controles adicionais

Melhoria das atividades de monitoramento

  • Implantação de um modelo de gestão de riscos corporativos (COSO ERM, ISO 31000)
  • Padronização de relatórios sobre riscos operacionais
  • Painel com indicadores de desempenho

Compliance, Auditoria interna e operacional

Print Friendly, PDF & Email

Link permanente para este artigo: https://www.cesarramos.com.br/servicos/processos-contabeis/riscos-corporativos-operacionais/